slide

0

O Smoothie MAIS FÁCIL do MUNDO!

6 de fevereiro de 2018

Ei,Psiiu!

Não sou convencida em dizer que trouxe a receita do smoothie mais fácil do mundo.
Ou sou, sei lá.

























Fiz essa receita como pré treino, e acredite, com 3 ingredientes fáceis de ter em casa.

Ingredientes:

- 2 bananas (eram bem pequenas, mas se forem de um tamanho razoável só 1 dá!)
- 1 xícara de chá de morangos
- Gelo ( o gelo é bem individual, coloquei umas 6 pedrinhas)




Como fazer?

- Corte as bananas da maneira que a lâmina processe bem;
- NÃO ESQUEÇA DE LAVAR OS MORANGOS;
- Retire as folhinhas dos morangos;
- Coloca tudo no liquidificador junto com o gelo;
- Bata até o gelo triturar todo


TÁ PRONTO O SORVETINHO 


A bebida fica refrescante, SUPER cremosa e nutritiva.

Banana dá um gás para seu treino, evita que você fique fadigado, impede as câimbras, é bom para o ganho de massa muscular, ajuda no seu sistema digestivo, e dá aquela sensação de saciedade MARA para quem quer emagrecer.

Já o morango, tem ação oxidante, ajuda a combater o envelhecimento por ter um alto teor de vitamina C, e por ela também o morango melhora as defesas do nosso organismo.

Só separar o Liquidificador e se preparar para o exercício!

Quanto mais receitinhas eu testar, venho dividir com vocês ♥ 
Beijos e até a próxima!
0

Prato+Colorido: a importância do VERDE

5 de fevereiro de 2018

Ei,Psiiu!


O mundo está passando por uma verdadeira revolução quando se trata de alimentação.
A inclusão dos vegetais e frutas na rotina corrida do ser humano está dando certo, mas caminha a passos lentos.

A palavra " saudável " percorre as revistas, as matérias online e os livros da escola das crianças; mas o que REALMENTE é saudável?
Se você, assim como eu come uma folha de alface e já se sente a pessoa mais FIT da terra, precisa dar uma estudada sobre os efeitos que as folhas dão ao nosso corpo!





Para dar início ao nosso bate-papo sobre as folhas e seus milagres, deixa eu te dar alguns exemplos:

- Alface;
- Agrião;
- Acelga;
- Rúcula;
- Espinafre;
- Couve;
- Chicória;
- Almeirão;
- Dentre tantas outras folhas comestíveis presentes em nossa região, não esquecendo das folhas do Brócolis, Couve-Flor...


Reprodução/ fdmoficial.com.br

Sei que muitos não sentem prazer ao mastigar as folhas, algumas são mais amargas; outras como o alface crespa, por exemplo, já tem sabor mais leve.
Mas um dos motivos mais sérios para não abrir mão dessa cor no prato, vem da prevenção do câncer. Isso mesmo!

Muitas dessas qualidades de folhas contém grande poder antioxidante, o que combate os radicais livres e ajuda a proteger nossas células.

Quer mais motivos para comer uma folha ainda hoje?
As VITAMINAS!

- Vitamina A - Importante oxidante que protege células contra radicais livres. Principais fontes: frutas e vegetais de cor forte, como cenoura, abóbora, brócolis e espinafre e gorduras amarelas de alimentos animais como fígado, ovos e leite.Vitamina D É sintetizada com a ajuda dos raios solares e imprescindível para a produção de insulina e a manutenção do sistema imunológico. Ajuda na absorção do cálcio. Principais fontes: peixes gordos como o atum e o salmão.
Vitamina K - Componente na formação de 13 proteínas essenciais para a coagulação do sangue e envolvida na construção dos ossos. Principais fontes: alimentos verdes, como vegetais de folhas e legumes (couve, couve de Bruxelas, brócolis, salsa).
Vitamina E (tocoferol) - Forte antioxidante contra radicais livres; previne o câncer e doenças cardiovasculares; protege o sistema reprodutor; previne catarata; reforça o sistema imunológico; melhora a ação da insulina. Principais fontes: óleos (girassol, amendoim), sementes de girassol, amêndoas, amendoim, vegetais de folhas verde-escuras.

Vitamina B1 (Tiamina) - Mantém sistema nervoso e circulatório saudáveis; auxilia na formação do sangue e no metabolismo de carboidratos; previne o envelhecimento; melhora a função cerebral; combate a depressão e a fadiga; converte o açúcar no sangue em energia. Principais fontes: vegetais de folhas (alface romana, espinafre), berinjela, cogumelos, grãos de cereais integrais, feijão, nozes, atum, carne bovina e de aves.
Vitamina B2 (Riboflaviana) - Ligada à formação de células vermelhas do sangue e anticorpos; envolvida na respiração e processos celulares; previne catarata; ajuda na reparação e manutenção da pele e na produção do hormônio adrenalina. Principais fontes: vegetais, grãos integrais, leite e carnes.
Vitamina B3 (Nicotinamida) - Aumenta a circulação; reduz triglicérides e colesterol; ajuda no funcionamento adequado do sistema nervoso e imunológico; regula o açúcar no sangue; protege o corpo contra poluentes e toxinas. Principais fontes: levedura, carnes magras de bovinos e de aves, fígado, leite, gema de ovos, cereais integrais, vegetais de folhas (brócolis, espinafre), aspargos, cenoura, batata-doce, frutas secas, tomate, abacate.
Vitamina B5 (Ácido pantotênico) - Ajuda na formação de células vermelhas do sangue e na desintoxicação química; previne degeneração de cartilagens; ajuda na construção de anticorpos; reduz colesterol e triglicérides; ajuda nas disfunções hormonais. Principais fontes: carnes, ovos, leite, grãos integrais e inteiros, amendoim, levedura, vegetais (brócolis), algumas frutas (abacate), ovário de peixes de água fria, geleia real.
Vitamina B6 (Piridoxina) - Reduz o risco de doenças cardíacas; ajuda na manutenção do sistema nervoso central e no sistema imunológico; reduz espasmos musculares; alivia enxaquecas e náuseas; reduz o colesterol; melhora a visão; previne aterosclerose e câncer. Principais fontes: cereais integrais, semente de girassol, feijões (soja, amendoim, feijão), aves, peixes, frutas (banana, tomate, abacate) e vegetais (espinafre).
Vitamina B7 (Biotina) - Auxilia no crescimento celular, produção de ácidos graxos e redução de açúcar no sangue; combate infecções; promove a saúde das glândulas sudoríparas, do tecido nervoso, da medula óssea, das glândulas sexuais e células sanguíneas; previne a calvície; alivia dores musculares; baixa a intolerância à insulina em diabéticos. Principais fontes: carne de aves, fígado, rins, gema de ovo, couve-flor, ervilha.
Vitamina B9 (ácido fólico) - Manutenção dos sistemas imunológico, circulatório e nervoso; antitóxico; ajuda a combater o primeiro infarto, o câncer de mama e de cólon, parasitas intestinais e envenenamento alimentar; diminui o risco de aterosclerose; promove a saúde dos cabelos e da pele; reforça o sistema imunológico e o sistema nervoso central. Principais fontes: fígado, rins, vegetais de folhas verdes, couve-flor.
- Vitamina B12 (Cobalamina) - auxilia a síntese de células vermelhas do sangue; manutenção do sistema nervoso; ajuda no crescimento e desenvolvimento do corpo. Principais fontes: fígado, rins, carnes, peixes, ovos, leite, queijo. 

Ufa!
Você ainda precisa de mais argumentos para levar as folhas para a VIDA?



Então pensa que elas contém muita FIBRA, e vão te manter saciado por mais tempo.
Nem preciso dizer que as folhas são #BFF da dieta, né?

Você pode tentar molhos diferentes, receitas, e até formas novas de comê-las cru.
Eu tenho gostado de comer couve crua, parto com as mãos e misturo com alface.






Minha última invenção foi colocar uns pedaços de tomate cereja e morangos.
Tenta em casa e me fala o que achou!
Me manda suas receitas com folhas para o email contatoeipsiiu@gmail.com :D

Até mais, 

0

Sem Título

26 de janeiro de 2018

Saudades de quando não precisava me rotular.
Mas calma, acho que esse dia nunca aconteceu.

Não sei se alguém se identifica comigo, mas sempre tive a necessidade de parecer algo.
 Na escola, queria ser bonita. Sem sucesso, claro.
Então passei a andar com os meninos, já que não pode contra eles, junte-se à eles.
Sem sucesso, claro.
Depois, decidi que seria rebelde!
Não como os cantores mexicanos, mas rebelde de VERDADE; meus pais na época me proibiam de ter redes sociais (finados orkut,msn,flogão), mas minha rebeldia de fachada me levava para um ciclo vicioso e sem volta: dezenas de e-mails e contas diferentes.
Mas não contava claro, com a astúcia do meu pai. 
Técnico em Informática, descobria todos os e-mails e com isso, e mais um pouco (ou bastante) que vou evitar contar para não me envergonhar mais; fiquei em média dois anos consecutivos de castigo. 
TÁ, vou me expor e contar que grande parte disso foi consequência dos namoradinhos, que eu com doze anos não deveria ter!

Minha rebeldia passou, e logo após ela veio a fase de querer ser independente. 
Com os catorze anos comecei a namorar, e a responsabilidade chegou!
De sexta à domingo, de 19h às 21h, tinha um encontro marcado com o meu primeiro namorado em casa (oooooooh!!!!).
Nessa fase estive me rotulando de madura o suficiente para ter um namorado em casa!
Aos quinze, me rotulei de quase adulta já que podia pegar o ônibus para estudar em outro lugar fora meu bairro. E para melhorar, tinha amigos e conhecia pessoas que não faziam parte do círculo de amizades dos meus pais. 
Ia para o cinema com a turma do ensino médio, fazia vaquinha para o lanche, e além disso ainda me rotulei de "engraçada". 
Mas a engraçada aqui, resolveu entrar em um grupinho mais engraçado ainda: os que riam de tudo e não queriam a culpa de nada.
Um bullying fortíssimo rolou na sala de aula, e adivinha quem levou a culpa?
" AQUELA GORDINHA SONSA QUE USA ÓCULOS ", disse a mãe da vítima.

Até os dezoito anos me mantive assim, porém, o rótulo de engraçada foi indo embora e dando espaço para a "desgraçada". Ou "exagerada", como preferir.

O colégio acabou, a rotina me pegou e daí veio o rótulo de Dona Maria. Só arrumava casa e dormia, o dia todo e todos os dias.
CARA! Minha mãe trabalhando, e eu como a "mulher" que estava em casa desocupada, tive que assumir tal responsabilidade novamente.
Se eu te contar que foram os dias mais estressantes da minha vida, você acredita?
Sério, eu tinha que acordar - fazer café - lavar a louça - arrumar a casa - arrumar almoço - apressar meu irmão para a escola - tirar um cochilo - acordar correndo para terminar de arrumar a casa que enrolei de manhã - minha mãe chegar e brigar comigo.

E aí chegou o título de frustada.
Desde o fim do ensino médio meus pais me prometeram uma faculdade, e tudo seria muito simples se o mundo não fosse movido a dinheiro!
Não tivemos o dinheiro para a faculdade e daí se vão dois anos desocupada esperando meu dia chegar. 

Ahhhh! 
Aos dezenove veio o título "AGORA VAI", aquela esperança de que algo pode melhorar na vida, sabe?
Enfrentei fila de emprego em uma empresa de Telemarketing, vendi docinhos na rua para pagar a tela do meu telefone (que quando quebrou foi uma tristeza), e em Maio de 2017 consegui um emprego como vendedora.
Não imaginei que ficaria neste emprego por tanto tempo, na verdade, eu deveria estar nele desde o início do ano como arte finalista.
Mas lembra da época frustada? Nela tinha muita insegurança e tristeza, e isso me fez perder oportunidades.

Como vendedora durante meses, entrei em um curso de design gráfico e comecei o "AGORA VAI". 
Troquei meus óculos, que meus pais não puderam trocar; comprei uma cama nova para dormir com meu irmão... 
Sabe a insegurança? Ela existe nessa época também, e com o corpo!
Mas isso deixa pra outro post já que esse provavelmente você nem conseguiu chegar até aqui de tanto que eu falo ha ha

Comecei a sentir o gosto da "liberdade" financeira e da independência.
Com 20 anos descobri mais do que nunca que meu maior título é comunicação!
Sem rebeldia, e sem querer ser perfeita para ninguém além de mim, essa fase está sendo punk.
É difícil quando não se quer rotular mais, entretanto, as pessoas INSISTEM em te rotular e lhe obrigam a ser do jeito que elas querem.
Dói.

E aos 20 anos também, estou descobrindo a dor da ingratidão.
Aquela coisa que sufoca quando você sabe que está dando o melhor de si, mais que o melhor de si, mas as pessoas ainda sim te diminuem.
Dói demais.

Mas pelo lado positivo dessa fase, estou aprendendo MUITAS coisas novas.
Lembra que na Frustação deixei de ser arte finalista? 
Pois é, entro o ano de 2018 sendo a tal designer.
QUE LOUCO!
Fico tentando entender as filosofias da vida e como ela organiza as coisas, mas juro, não consigo.

Conheci pessoas bem legais, passei por situações desafiadoras, me culpo e me julgo a todo momento mas quer saber uma coisa?
Essa sou apenas eu.
SÓ EU.
SOMENTE, eu.

Prazer, Maria Eduarda.
Dividida em rótulos, em fases, e todas elas para querer impressionar ou desesperar alguém.
Mas a bonita nunca fez nada pra si, né mesmo?

Sinto lhes informar, agora meu título é LIVRE.
Foi apagado e quem escreve sou eu!
Do jeitinho que eu quiser.

0

Dependências não Químicas

2 de agosto de 2017

Quando entramos em um relacionamento, juramos de pé junto que não viveremos para aquela pessoa. Fazemos questão de avisar aos amigos que, continuem mandando os convites pra festas e baladas; ora, continuo o mesmo!

Até que o tempo passa.



Não se trata de imposições, ao contrário, escolhas que nosso coração faz.
Acredite ou não mas eu, NUNCA deixei de sair por conta de namorar! Sempre fui à festas com meus amigos, dormir na casa de amigas, ou até mesmo convidava meu namorado a se retirar da minha casa quando minhas amigas chegavam para conversar.
Você pode estar pensando “ Nossa, que menina mais auto-suficiente!” ou “ Nossa, que menina mais sem noção!” ; posso dizer que todas as afirmações se encaixam na minha situação. Infelizmente.

Traumatizada por um relacionamento de minha melhor amiga, o qual era extremamente abusivo e dependente, resolvi que nunca seria daquele jeito. E juro que tentei não chegar nessa fase… Mas é difícil.
Calma! Eu não vivo um relacionamento abusivo, mas sim, um relacionamento dependente.

Me vi em uma fase da vida onde não fazia nada além de sonhar, sem chances e expectativas de sair do lugar, eram apenas sonhos. E esses sonhos sequer eram meus, eu os desejava para a vida de todos, menos a minha. Isso se encaixa no meu relacionamento quando me vi sem estudar, sem um emprego, apenas cuidando da minha casa e mentindo para mim mesma que trabalhava muito com um canal no YouTube e um blog. Enquanto em pensamento maquinava formas de crescer e me tornar a superestrela que sempre quis, meu corpo não saía do lugar.
Se torna mais fácil quando a única coisa que devo fazer é desejar o bem ao próximo, orar para que algo dê certo, emanar boas energias.
“ Ok, mas pula pra parte onde você se tornou dependente do seu namorado pra respirar, ainda não entendi!”

Ficar sem um rumo específico na vida fez com que eu me isolasse o máximo possível. Não tinha amigos, mesmo que em algum momento aqui eu tenha dito que saía e me divertia, era só por cinco minutos.
Minha cabeça sempre estava em casa, pensando se ele sentia minha falta, se havia comido algo, ou se estava na rua com os amigos dele. Sendo a última opção a correta, me matava por dentro. Se eu isolei meus sentimentos em relação aos outros só pra ser toda dele, por qual motivo ele tem outros amigos? Como ele pode gostar de outras pessoas?

E com isso, tentei ir à festas e encontros dos amigos dele e falhei vergonhosamente como pessoa nesses momentos.
Digo pois, quem assiste meus vídeos ou convive comigo sabe que faço amizades fácil! Se tem alguém que consegue se enturmar numa rodinha, esse alguém sou eu.
Agora trabalhando como vendedora, conheço pessoas novas todos os dias, dou conselhos, converso, choro junto e tudo!
Como não consegui ser simpática com as amizades do meu companheiro? Isso é ridículo.
Pense em um ambiente super descontraído, comidas e bebidas, as pessoas te convidando pra se juntar a elas e você simplesmente sacode a cabeça que não. Não come, não bebe, só fica presa ao mundo dentro da tela do seu telefone e AI do seu namorado se sair do seu lado! Você está ali por ele, então ele tem que estar ali com você.
Ridículo na teoria e ridículo na prática.
Mas foi exatamente o que aconteceu!

Eu posso jurar de pés juntos que em nenhum momento foi minha intenção. Não consigo gostar das pessoas que o rodeiam pelo simples fato de achar em algum momento que serei trocada por elas. E também acontece com familiares, tá muito pertinho já acho estranho e tomo “ranço” eterno de tal pessoa.

São sentimentos que não consigo controlar dentro da minha cabeça, posso estar super feliz e interagindo e por um segundo vem a cara amarrada e a vontade de me enfiar dentro de um buraco.

Eu virei dependente do meu namorado.

Já fiquei trancada num quarto chorando por horas, pelo simples fato de que ele cancelou o rolê e pediu pra irmos no dia seguinte pois estava cansado. Cansado pra mim? Como assim? É, aconteceu.

O último ocorrido foi um dos piores, talvez as pessoas que assistem meus stories estejam se perguntando “o que essa menina ganha pra ficar chorando no Instagram?” mas fazer o quê, se é minha fuga da realidade?
Estava acontecendo uma festa julina na minha rua, várias comidas gostosas (o principal motivo por eu participar das festas) e meus vizinhos que gostando ou não, estavam reunidos para se divertir. Acontece que eu cheguei, olhei para todos os lados, fui até a mesa, comi um pouco do que tinha por lá e depois toda a graça se acabou. Não sabia onde chegar, com quem sentar, o que conversar com aquelas pessoas.
Eu não sabia interagir com aquelas pessoas que me viram crescer, que vejo todos os dias, que um dia foram muito chegados à mim.
E tudo pelo simples fato: meu namorado estava trabalhando e não poderia comparecer a festa.
Cheguei à festa às 20:30 h e acabou pra mim às 21:45 h quando entrei pra dormir. Chorei, me senti sozinha e fiquei tentando entender qual o motivo me fazia ser tão estúpida.
Sim, a dependência emocional, a segurança que só tenho ao lado dele, e aí?

Escrevo tudo isso com o mesmo sentimento de solidão, mais um dia sem ele em casa.
Devo faxinar, ouvir música, tentar parecer a pessoa mais alegre e feliz do mundo.
Mas não, por dentro meu coração está cheio de buraquinhos (sim, faço referência a Chiquititas e se reclamar, coloco Mentirinhas pra tocar automaticamente nesse post e torná-lo mais melancólico).

Acredito que o primeiro passo para tratar esse tipo de apego seja assumir o erro e nesse momento caiu minha ficha.
O segundo, procurar um profissional para conversar e encontrar a solução para esses problemas.
O terceiro, tentar viver nossa própria vida sem interferir na dos demais, dá uma diferença enorme no jeito em que encaramos o mundo!

Por hoje é só,
Obrigada por me ouvir.
0

Tipos de Cachos: Já sabe qual o seu?

1 de maio de 2017

Ei,Psiiu!

Oi minhas vidas! Que saudade de conversar por aqui com vocês ♥

Sabe que lá no canal a GRANDE dúvida que assola a cabecinha do pessoal é: ' Duda, qual o seu tipo de cacho?'.
Particularmente, nunca achei que essa questão de textura fosse muito importante; mas depois de estudar mais e pesquisar sobre os tipos de cacho, pude perceber que faz grande diferença na vida das meninas.

Vamos às peculiaridades de cada textura:

♦ TIPO 2 : ONDULADOS ♦

O cabelo tipo 1 se divide em a,b e c ( assim como os outros) e trata-se daquele cabelo em sua maior parte liso, porém com ondulações nas pontas ou bem levinhas no comprimento.
2A sendo as ondas mais fraquinhas e 2C as mais enroladas.
Fácil, né?



♦ TIPO 3 : CACHEADOS ♦

Agora vem a grande confissão ( #sóquenão ) : MEU CABELO É TIPO 3!
Esse cacho é mais enrolado que o 2C e começam a se formar as ondas desde a raiz.
Não chegam a ser muito fechadinhos mas em sua maioria, tem bastante definição e 'molinhas' bem formadas.
Os 3A são cachos mais abertos e 3C menores.



♦ TIPO 4 : CRESPOS ♦

Não me canso de bater na tecla que: NÃO É FEIO TER CABELO CRESPO!
Fico perplexa com a quantidade de meninas que tem medo ou receio de dizer que tem cabelo CRESPO. Não é ONDULADINHO, CACHEADINHO, é CRESPO! E não tem motivos para não se orgulhar do seu tipo também!
Os fios 4 também tem a classificação a,b e c; sendo A aquele cacho ainda definido, B o tem aqueles cachos bem pequenos e tendem a ser mais volumosos e C aquele que quase não se vê definição ou em algumas partes sim e outras não.
Geralmente é mais seco, já que as molinhas são MUITAS, fininhas e miúdas; e desse jeito o óleo da raíz tem mais dificuldade ainda de chegar até as pontas.
Mas nada que uma boa umectação, hidratação semanal, não resolvam! 
VIVA AOS CACHOS TIPO 4! 




Esse post foi uma forma de mostrar o quanto a diversidade dos nossos cachos é linda!
Não importa se você relaxa seu cabelo, ou faz chapinha as vezes.
Pense que : se te faz bem, que mal tem?
Dedique-se à VOCÊ e não dê ouvidos à opinião de quem não lhe acrescenta nada.

Por hoje é só, 
Beijos e até :)


0

90's: Metalizado em Alta

9 de março de 2017

Ei,Psiiu!


Entre as tendências da moda/maquiagem para o ano de 2017 vemos o metalizado.
Todo brilho e aspecto futurista veio com tudo no verão e a promessa é não fugir das ruas no Inverno!

Reprodução/Google

Falando de maquiagem, o metalizado está presente em sombras e batons; passando pelas cores dourado, prata, bordô, vermelho e para as mais ousadas grafite,preto e azul.


Reprodução: Pausa Para Feminices

Vê-se muito o cobre e claro, bastante brilho.


Reprodução: Google

Os batons escuros tomaram conta de 2016 e nesse ano não será diferente!
Tons de marrom, vinho e preto estão na boca do povo.
E com o brilho / metalizado da estação, melhor ainda!


Reprodução: Google
Além dos batons, o delineado também vem brilhando!


Reprodução: Pinterest


Reprodução: DaquiDali

Se até 'Namaria' tá usando metalizado, por qual motivo não vamos?


Reprodução: Gshow

Nesse clima metalizado, liberei no canal uma maquiagem MARA para o carnaval ♥
Olhos bem ouro, boca bem ouro e vamos chamar esse ouro pra vida, né nom?




             

Por hoje é só,
espero que tenham gostado!
Beijos e até,
0

NOVIDADE: KYLIGHTERS - Iluminadores by Kylie Jenner

23 de fevereiro de 2017

Ei,Psiiu!


A irmã caçula da Kim Kardashian não para!
Kylie Jenner anunciou hoje em suas redes sociais o novo lançamento da "Kylie Cosmetics" : KYLIGHTERS.



Nada mais do que iluminadores, porém, sabe que tratando-se das Kardashian/Jenner tudo tem uma proporção maior.
As cores são MARAVILHOSAS e se a conversão fosse mais barata, eu comprava :(


Reprodução: Kylizzlemynizzl


A coleção é composta por seis cores: Banana Split, French Vanilla, Salted Caramel, Cotton Candy Cream, Strawberry Shortcake e Chocolate Cherry.
Achei a diversidade muito legal, muitos tons de pele poderão aproveitar!


Reprodução: Kylizzlemynizzl


BANANA SPLIT 


Reprodução: Kylizzlemynizzl



FRENCH VANILLA

Reprodução: Kylizzlemynizzl

SALTED CARAMEL

Reprodução: Kylizzlemynizzl




COTTON CANDY CREAM

Reprodução: Kylizzlemynizzl


STRAWBERRY SHORTCAKE

Reprodução: Kylizzlemynizzl


CHOCOLATE CHERRY

Reprodução: Kylizzlemynizzl

Juro, PIREI nessa coleção!
Algumas imagens estão meio borradas pois tirei print do Snapchat dela - Kylizzlemynizzl .
E aí, o que acharam?
Já quero ser descoberta com uma Kardashian e ter money pra todossss hahahaha
Est

Espero que tenham gostado,
Beijos e até